Segunda a Sexta: 07h00 às 19h00
Sábado | 07:30 às 12:00

(16) 3441.1076 | 34411077

Notícias // UnaVita Clínica Médica. Bem-estar do paciente e atendimento diferenciado.

Obesidade x Gravidez
09 de Junho, 2017

Obesidade x Gravidez

Obesidade x Gravidez

O excesso de peso pode afetar diretamente a fertilidade das mulheres e, em muitos casos, dificultar a possibilidade de engravidar e de levar adiante a gestação. Isso porque a gordura corporal interfere diretamente na regulação hormonal da mulher, fazendo com que o corpo produza maior quantidade de estrógeno e prejudicando a fertilidade. Nestes casos, o ciclo menstrual pode ocorrer normalmente e em intervalos regulares. No entanto, a ovulação normal talvez não ocorra em todos os ciclos. Além disso, algumas mulheres, geralmente, com IMC acima de 50, podem deixar de menstruar por causa da obesidade. Hoje, muitas mulheres obesas que buscam ginecologista com a intenção ou já com dificuldade de engravidar são encaminhadas para a cirurgia bariátrica. Gravidez pós-cirurgia bariátrica – As mulheres submetidas a cirurgia bariátrica percebem o retorno da menstruação logo durante o emagrecimento dos quilos iniciais após a cirurgia, sinalizando que a regulação hormonal está voltando ao normal. O emagrecimento também propicia a melhora de patologias que dificultam a gestação, como, por exemplo, a síndrome do ovário policístico, muito comum em mulheres obesas. Após a cirurgia, deve-se esperar um período de, pelo menos dois anos, para engravidar e este prazo deve ser respeitado. Isso para que a paciente conclua a perda de peso e para que a equipe de nutrição possa se certificar de que nem a mãe e nem o bebê sofrerão de alguma carência nutricional durante a gestação. Fonte: www.facebook.com/sbcbm/