Segunda a Sexta: 07h00 às 19h00
Sábado | 07:30 às 12:00

(16) 3441.1076 | 34411077

Notícias // UnaVita Clínica Médica. Bem-estar do paciente e atendimento diferenciado.

Maio Roxo - Mês da Doença Inflamatória Intestinal
29 de Maio, 2021

Maio Roxo - Mês da Doença Inflamatória Intestinal

Mais de 5 milhões de pessoas são acometidas pelas DII no mundo. Segundo a SBCP, no Brasil, as doenças inflamatórias intestinais (DII) atingem 13,25 em cada 100 mil habitantes, sendo 53,83% de doença de Crohn e 46,16% de retocolite ulcerativa.

As DII ainda não tem causa definida, mas estudos indicam que podem estar associadas a fatores como consumo exagerado de comidas industrializadas e com alto índice de gordura, além de questões hereditárias e imunológicas. Por isso, são mais frequentes em países desenvolvidos e principalmente no mundo ocidental.

  • Sintomas

Entre os sintomas mais comuns das doenças inflamatórias intestinais estão diarreia (com pus, muco ou sangue), cólicas, gases, fraqueza, perda de apetite e febre. Segundo a SBCP, as DII atingem principalmente jovens entre 20 e 40 anos, e quanto mais cedo forem diagnosticadas, melhores são as chances de um tratamento adequado e com menos impacto nas atividades diárias.

  • Tratamento

O tratamento das DII podem ser medicamentoso ou cirúrgico. Em alguns pacientes pode ser necessária a confecção de estomas (bolsas coletoras de fezes).

  • Doença de Crohn

A doença de Crohn é uma inflamação crônica que pode ocorrer em qualquer parte do tubo digestivo, sendo mais comum na parte inferior do intestino delgado e intestino grosso. O diagnóstico é feito com exame de colonoscopia com biópsia. Outros exames como tomografia computadorizada, ressonância magnética e exames laboratoriais podem ajudar na identificação. Tabagismo e o histórico famíliar estão entre os fatores de risco.

  • Retocolite ulcerativa

A Retocolite ulcerativa é uma inflamação na mucosa do intestino grosso acompanhada de diarreia crônica com sangue e anemia. O diagnóstico também é realizado por colonoscopia com biópsia.

  • Câncer colorretal

Estudos indicam que há maior risco de câncer colorreta em pacientes com doenças inflamatórias intestinais quando comparados à população em geral. Por isso, recomenda-se que pacientes diagnosticados sejam façam exames de colonoscopia periodicamente para diagnosticar e tratar lesões potencialmente cancerosas.

Consulte seu médico.

Leia mais notícias no Blog da Clínica UnaVita.